PLANO COOPERATIVO

Sou ”[...] fruto da união das Igrejas Batistas no esforço comum de alcançar o ser humano como um todo. Sou expressão da mordomia de cada crente, como reconhecimento da sabedoria de Deus em sua vida e consequência, acima de tudo, de um compromisso com o Senhor e o seu Reino. Sou bíblico em meu objetivo e bíblico em meus métodos. Sou resultado da fidelidade de crentes,  grejas e convenções estaduais/ regionais que, com toda a liberdade, decidem empregar uma parte dos recursos a sua disposição, para que a obra de Deus cresça mais equilibradamente no Brasil e no mundo. Mas...eu também sou DINHEIRO. Eu sou seus dízimos e ofertas entregues de coração, fruto de uma vida dedicada. Sou o dinheiro muitas vezes escasso da venda de mandioca, de milho, de hortaliças: dinheiro de trabalho pesado numa construção. Dinheiro do povo trabalhador deste grande país. Eu venho de farmácias e postos de gasolina. Eu venho de renda de capitais, apólices e dinheiro economizado. Eu venho de salários de aposentados. Eu venho das economias de donas de casas fiéis. Eu venho de lucros de grandes e pequenas indústrias, comerciantes e profissionais liberais eu sou dinheiro consagrado. Eu pertenço a Deus e sou parte da grande esperança de ver Sua vontade executada na terra. Quando me uno, formo milhares de reais. Sim. Eu sou DINHEIRO, dinheiro sagrado, dado livremente por gente livre, para a cousa mais sagrada do mundo. Mas, eu sou mais do que dinheiro. Eu sou GENTE. Eu sou missionários nos estados, por todo o Brasil e pelo mundo, lutando no calor do Nordeste, na vastidão da floresta Amazônica, em meio a problemas sociais e políticos de outros países, entre povos de outras línguas, E culturas, em meio ao crescimento das grandes cidades, nas tribos indígenas, no sertão do país e além-mar, ensinando ao nosso povo e aos de todos os climas e raças o Evangelho de Cristo. Sou jovens aprendendo e contagiando outros com sua alegria e dinamismo. Sou homens que atuam nas diversas atividades das igrejas. Sou mulheres fiéis, dedicadas e ativas a serviço do Rei, dentro dos templos, lares e comunidades. Sim, eu sou GENTE. Sou testemunha de Cristo, dando nova esperança ao frustrado, colocando um hino nos lábios dos angustiados, mostrando às crianças um caminho seguro, repartindo a alegria e a fé com os que estão sem Deus e sem salvação. Além disso, Eu sou TRABALHO. Trabalho duro. Trabalho paciente, por anos a fio, muitas vezes no anonimato, sem resultados aparentes. Eu sou alegria de ver igrejas nascendo fortes, atuantes e missionárias, nos caminhos da Pátria e do mundo, com crentes que amam e cultuam a Deus. Eu sou pastores e evangelistas, pregando noite e dia entra mês, sai mês, nunca cessando seu apelo à humildade perdida, ensinando, pregando, assistindo e aconselhando. Eu sou o esforço de produtores e técnicos das comunicações audiovisuais, preparando programas inspirados e doutrinados para estações de rádios e televisão, internet, bem como orientação e assessoria a entidades irmãs. Eu sou um professor, dia após dia, semana após semana, ensinando jovens vocacionados a entenderem melhor as Escrituras Sagradas, a administrar a igreja, a evangelizar, a discipular os crentes, a educá-los cristãmente, a interpretar a  mensagem de Deus para o mundo hoje. Eu sou o redator das revistas e jornais da Denominação, escrevendo artigos e estudos informativos e desafiadores para crianças, jovens e adultos de igrejas grandes e pequenas, das cidades, das vilas e do sertão. Eu sou o empenho de muitos crentes procurando dar aos obreiros idosos uma aposentadoria que lhes garanta o sustento, depois de tantos anos dedicados à evangelização e ao ministério pastoral. Eu sou os Batistas ao redor do mundo, dando suas mãos em testemunho a todos os povos. Eu sou a  coordenação e planejamento nacionais, procurando usar com sabedoria os recursos que criam condições para uma ação de amor e esperança em nossa terra. Quem me despreza ou me ignora, despreza e ignora o momento sagrado em que um grande povo, chamado Batista, vai ao encontro da humanidade perdida, dilacerada, desfeita e necessitada. Mas isso não é tudo...Eu sou VOCÊ Sou você através da sua igreja e da junta de seu estado. Sou você dando de si mesmo ao mundo através de sua participação. Sim. Eu sou VOCÊ, sua voz, tentando mostrar que o mundo não está sendo controlado pelo poder das trevas. O mundo tem um propósito e usam ordem moral. Eu sou você trabalhando em toda parte e em todo tempo, para provar que Jesus Cristo reina. Eu sou a canção gloriosa em seus lábios, proclamando: A SOLUÇÃO É JESUS CRISTO. Eu sou uma grande expressão de conquista para unidade e crescimento da Convenção Batista Brasileira. Sim. Eu sou o Plano Cooperativo!

(Reflexão - O JORNAL BATISTA Domingo, 27/10/19)

O que é?

  • Investimento na expansão da obra missionária.
  • Construção da nossa Identidade Missional.
  • Cooperação e solidariedade entre o Povo de Deus.
  • Cumprimento da missão dada a nós.
     

Histórico

  • Marcas históricas: cooperação, paixão missionária e ação social.
  • Apresentado pela primeira vez em 1957 na Assembleia da CBB, começando a funcionar em 1959.
  • O papel da CBG tem sido de promover esta unidade cooperante e participativa para o crescimento do Reino.
  • Hoje temos 158 igrejas e 84 congregações que compôem a CBG.
     

Como funciona?

Cada igreja e congregação batista é desafiada a cooperar com 10% de suas entradas.

Sua contribuição é uma doação para que a instituição Convenção Batista Goiana administre esse recurso e invista em ações missionais no estado de Goiás. 

 

 

Como contribuir?

1) Depósito Bancário, em nome da Convenção Batista Goiana - CNPJ 01.099.795/0001-08: 

    BRADESCO: Ag. 140, CC 65.352-7
    CAIXA: Ag. 1550, OP 003 (Conta Corrente Jurídica), CC 3007-2

Obs: após realizar seu depósito, envie seu comprovante por e-mail (secretariadacbg@yahoo.com.br) ou WhatsApp (62 99231-1324) para que possamos identificar sua contribuição e registrá-la nos relatórios oficiais da CBG. 

 

2) Emissão de Boletos, aqui no nosso site: Plano Cooperativo - Clicar aqui!